Projeto ensina vovôs a grafitar

vovôs

Projeto em portugal leva grupos de vovôs à praticarem arte urbana

Terceira idade, velhice, idosos, tudo isso relacionado a ficar em casa tricotando, lendo jornal, assistindo TV? Não para esses vovôs!

O incrível projeto de graffiti para a terceira idade surgiu durante a primeira edição do festival de arte urbana Wool. Segundo os organizadores, muitos idosos acompanhavam os artistas durante o festival, daí nasceu a ideia de realização de Workshops para esses vovôs aprenderem a pintar, desenhar e grafitar. E a partir daquele momento eles passaram a ser não só observadores e sim os artistas.

O projeto Lata 65, criado em 2012, pela arquiteta Lara Seixo Rodrigues, em Portugal, estimula esses vovôs a interação com as novas gerações, ajudando os idosos a se envolverem em novas formas de arte contemporânea e, mais importante, para se divertirem, dando uma nova vida as ruas de Lisboa. Envelhecimento de forma ativa através da arte também é um dos principais objetivos do projeto.

vovôs
por LATA 65 / Divulgação

“Nunca pensamos que o Lata 65 continuaria. Mas dividir a minha paixão pela arte urbana com grupos de velhinhos (como os chamo carinhosamente), me dá imenso prazer”, conta Lara

Primeiro, os vovôs vão para a oficina se conhecerem, em seguida assistem aulas sobre a história da arte de rua, algumas técnicas, criam seus próprios stencils e então vão às ruas colocar o aprendizado em prática. Ajudando também a percepção diferenciada dos idosos com sua cidade, mostrando uma outra visão sobre a arte urbana.

vovôs
por LATA 65 / Divulgação

“Eles se mostram sempre com uma vontade enorme de aprender e de se divertir, ao ponto de virarem crianças e olharem sua cidade com outros olhos.” relata Lara

O projeto já ultrapassou fronteiras. Em setembro de 2015 o projeto em parceria com SESC Santana, São Paulo, em celebração ao dia internacional do idoso realizou workshop, em formato mais alargados com 4 dias de duração, sob o tema:  ‘A idade é só um número: os idosos e o universo das Artes’.

vovôs
por LATA 65 / Divulgação

“O mais importante que fica após os workshops são os depoimentos. É sempre um momento de grande alegria. Costumo dizer que a lata de spray tem algo mágico que não sei explicar. Toda gente gosta de experimentar, e o idoso não é exceção” comenta orgulhosamente Lara sobre o projeto.

“Eu acredito e vivencio no meu trabalho que a arte transforma em todas as idades” conclui Lara.

Conheça um pouco mais sobre o projeto:

Veja também mais algumas fotos dos vovôs grafiteiros:

vovôs
por LATA 65 / Divulgação
vovôs
por LATA 65 / Divulgação
vovôs
por LATA 65 / Divulgação
vovôs
por LATA 65 / Divulgação

Fonte: Lata 65, Addictable

Leave your vote

1 point
Upvote Downvote

Total votes: 1

Upvotes: 1

Upvotes percentage: 100.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%