O ano passa rápido demais

rápido

Chegamos a metade do ano, época na qual muitos de nós olhamos para trás e pensamos “como passou rápido”, Se formos observar é possível que essa frase tenha se repetido nos anos anteriores.

Será que o ano passou rápido mesmo? Tão rápido quanto aqueles 15 dias antes da prova no qual você se deixou levar pelo pensamento de “Ah, ainda tá longe” e quando percebeu faltavam dois dias para o certame sem que nenhum livro fosse aberto ou como aquele prazo de um mês para realizar um trabalho simples, o qual foi negligenciado, dando a devida atenção apenas uma semana antes da entrega, percebendo assim que apesar de simples, era trabalhoso e que talvez não desse tempo para conclui-lo com perfeição.

rápido
por Andrea de Santis / Divulgação

Da mesma forma acontece com o ano. Janeiro somos só promessas, melhores notas, frequência na academia, empenho no trabalho, atenção para a família, mais visitas aos amigos. Passa a primeira semana e vamos empurrado a academia por motivos de “falta de tempo”, os livros ficam de lado porque as provas ainda vão demorar ou o conteúdo é pouco, o trabalho parece desinteressante e não é feito nada para mudar esta situação, as reuniões de família são deixadas para o próximo final de semana e os amigos, vemos uma vez ou outra, assim passa Janeiro, Março, Abril, Maio, Junho e o Julho chega, com aquela sensação que tudo passou rápido demais e não tivemos tempo.

De fato, o tempo passa, passa rápido, com a areia que escorre pelo estreito espaço da ampulheta, por isso que devemos aproveitar o hoje. Nenhum minuto deve ser desperdiçado, pois ele não retorna, não se repete. É aquele velho clichê “Não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje”.

rápido
por Andrea de Santis / Divulgação

Ou seja, da mesma forma que deve-se estudar para as provas no principio dos 15 dias ou fazer o trabalho no inicio do prazo, deve-se fazer aquilo que a vida lhe demanda quase que de pronto a sua exigência, deixar para depois é perder a quase certeza de que aquilo evidentemente será feito, pois não há como saber qual será a prioridade de amanhã. Dar valor ao agora e não viver de um futuro incerto talvez evite esse pensamento de que “o ano passou rápido demais, por isso nada foi feito”. Faça cada dia, assim, você fará o ano.

Leave your vote

1 point
Upvote Downvote

Total votes: 3

Upvotes: 2

Upvotes percentage: 66.666667%

Downvotes: 1

Downvotes percentage: 33.333333%