Felicidade: Buscar ou Vivenciar?

felicidade

A FELICIDADE É AGORA, OU DEPOIS?

Em meio ao cenário em que vivemos, estamos em uma constante e intensa luta pela realização – esta tendo como conseguinte a felicidade, pois as pessoas tristes, se tornam indesejadas, erradas e tidas como fracassadas. Toda esta obrigatoriedade nos leva a cobrar cada vez mais de nós mesmos, nos levando a vivermos baseados em uma visão equivocada do que realmente venha a ser felicidade.

Mas então, o que é ser feliz? Alguns dizem que é conseguir comprar uma casa ou um carro; outros que alcançarão a felicidade quando perderem determinado peso; quando conseguirem aquele emprego tão desejado; quando conquistarem aquela pessoa que há tempos observam; quando conseguirem fazer aquela viagem dos seus sonhos; ou “quando.. quando.. quando…”

Se notarmos, todos estes anseios são futuros. E porque não olharmos para o que temos e nos valermos disto? E o que você já conseguiu até hoje? Porque não olharmos a vida com os olhos de uma criança? Já imaginou? Ficarmos felizes e satisfeitos apenas por estarmos dentro de uma cabana em uma floresta escura e perigosa (lê-se quarto escuro, coberto por um lençol e com uma lanterna na mão). Se analisarmos, o que você conseguiu hoje, um dia era o que você almejava no futuro; então porque simplesmente não ser agradecido por isto e aumentar o seu tempo de sensação/vivência da felicidade?

felicidade
por Benoit Paillé / Divulgação

Outro questionamento fácil de ser feito é: a felicidade é algo alcançável? Talvez antes de ser definida como “algo”, ela seja uma vivência. A felicidade não é um local onde você vai chegar e pronto. Ela é a constante percepção e sensação dos pequenos prazeres da vida. A felicidade não é o fim, e sim o meio; a caminhada. Não é o depois, e sim o agora. E portanto, como diz Marcelo Jeneci, “felicidade é só questão de ser”.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 2

Upvotes: 1

Upvotes percentage: 50.000000%

Downvotes: 1

Downvotes percentage: 50.000000%

  • Interessante.